segunda-feira, 24 de março de 2008

Reserva do Cavalo do Sorraia


A Reserva Natural é uma área dedicada à conservação e desenvolvimento de uma raça de cavalos em vias de extinção: o Cavalo Ibérico, popularmente conhecido como Cavalo do Sorraia.
Este cavalo foi durante séculos considerado como o cavalo primitivo da Península Ibérica. Encontra-se fielmente representado em pinturas rupestres na gruta Espanhola de La Pileta e na Portuguesa do Escoural. Serviu na cavalaria das legiões romanas. Foi levado para as Américas durante os séculos que durou a colonização e aí deu origem à maioria das raças hoje existentes naquele continente, como o crioulo argentino ou o mustang norte-americano. Terá estado na origem da raça nacional de Espanha – o Cavalo Andaluz – e de Portugal – o Cavalo Lusitano. Constitui por estas razões um património genético universal.
Com a colonização das Américas dos séculos XVI a XVIII e a recente mecanização agrícola, este animal tão importante foi esquecido, abandonado, e hoje encontra-se quase extinto. Na Espanha extinguiu-se. Os que existem em Portugal são os descendentes de um pequeno grupo que o Dr. Ruy d’Andrade descobriu em 1920 junto do rio Sorraia. Só existem alguns exemplares em Portugal e na Alemanha, sendo os deste País descendentes de um pequeno núcleo que o Prof. Schaefer levou para a Alemanha em 1975, da herdade do Eng. Sommer de Andrade – filho do Dr. Ruy d’Andrade – no Alentejo.
No entanto, este cavalo maravilhoso tem um espaço e um projecto que lhes são dedicados inteiramente, em Alpiarça. A Reserva Natural do Cavalo do Sorraia abrange uma área de 40 hectares – a ser expandida numa segunda fase para cerca de 100 hectares, em terrenos pertencentes à Câmara Municipal de Alpiarça e à Fundação José Relvas. Inclui terra de pastagens, bosques e lagos, possibilitando assim a recriação de um ambiente natural, tranquilo e livre para os Sorraias.
A Reserva inclui já um grupo de éguas e machos da raça Sorraia que constituem o seu núcleo fundador, assim como estábulos e cavalos de raças cruzadas da Escola de Equitação, um centro de jardinagem, falcoaria, incubadora-criadora e gaiolões para aves exóticas e lagos para aves aquáticas.
Esta agradável, tranquila e atractiva Reserva reflecte, no mais essencial, o equilíbrio entre o homem e o Meio Ambiente e pretende ser um símbolo do respeito pela Natureza e pelo Cavalo do Sorraia.

Para visitar a Reserva do Cavalo do Sorraia contactar a Câmara Municipal de Alpiarça.
Site: www.cm-alpiarca.pt

1 comentário:

Steve Ballmer disse...

Me encanta tus fotos, el buen blog!